top of page

8 formas de aumentar seus Grãos de Kefir de Leite


8 formas de encorajar a multiplicação dos Grãos de Kefir de Leite

Como aumentar seus Grãos de Kefir de Leite, como fazer os Grãos de Kefir de Leite crescer

Essa é uma dúvida muito comum e algo bem bacana de se abordar e elaboramos esses tópicos para que tenha realmente muito sucesso no seu cultivo de Kefir de Leite. Bora lá!


1) Mantenha uma temperatura estável: Entre 20º a 30º C obtém-se melhores resultados de fermentação. Em climas frios (média abaixo de 10ºC), os grãos fermentam e se multiplicam lentamente. Em climas muito quentes (média acima de 30ºC), os grãos ficam muito ativos mas apesar de se multiplicarem, fermentam excessivamente e ocorre a divisão entre coalhada e soro. Para manter estável, deixe o pote de fermentação dentro de um armário, do forno convencional / micro-ondas ou numa iogurteira. Evite correntes de ar, pó, sujidades e mantenha longe da luz solar direta ou fontes de calor intensa (fogão, fornos, aquecedores).


2) Leite de boa procedência e qualidade: Os grãos de kefir de leite precisam de nutrição e se desenvolvem em leites ricos em lactose: vaca, cabra, ovelha ou búfala. Para melhor nutrição dos grãos, recomendamos na ordem: leite pasteurizado, leite cru (fervido e em temperatura ambiente) ou leite (UHT/Caixinha). Preferencialmente adicione o leite em temperatura ambiente ou levemente aquecido.


3) Regularidade da alimentação: Como os grãos de Kefir transformam o leite fermentado, eles consomem a lactose do leite. Após um período de tempo, caso fiquem sem comida (leite fresco), eles podem ficar estressados e, eventualmente não crescer, multiplicar e em caso extremo, até morrerem. Se eles estão fermentando demais em 24h, então alimente-os novamente ou aumente a quantidade de leite. Se eles ainda não fermentaram o leite nesse prazo, deixe por mais tempo, 36h ou 48h.


4) Grãos pequenos, maior área de contato: Multiplicação de grãos não é necessariamente vê-los se transformando no aspecto 'couve-flor'. Isso são microplacas agregadas de grãos, que são formadas após a multiplicação, que ocorre em quantidade de grãos menores ou até microscópicos. Se eles forem pequenos, separe-os com muito cuidado, esfregando-os entre os dedos limpos, deixando-os levemente esfarelados e fermente novamente sempre por 24h. Cultivar com grãos menores aumenta a área da superfície exposta ao leite, o que potencializa sua capacidade de ingerir nutrientes do leite. Mais nutrição incentiva os grãos a se agregarem e formarem grãos robustos.


5) Grãos e leite, um caso de amor: Às vezes, os grãos permanecem no topo ou no fundo do pote de fermentação. Agitar o frasco ou mexer levemente a cada 12h permitirá que os grãos acessem o leite em todo o pote. Leite fresco significa mais alimento para os grãos, o que os deixa felizes e pode incentivá-los a se multiplicar e crescer.


6) Reserve um lote anterior já fermentado: Apesar dos grãos já ficarem com uma parte do fermentado aderido, deixar um pouco fermentado anterior junto ao lote novo, cria um ambiente natural e rico em compostos gerados por esses grãos ativos. Reserve então 20% e só então coloque o leite fresco para nova fermentação. Exemplo: Você fez 500ml de leite fermentado, então reserve 100ml e coloque no novo leite fresco. Isso ajuda bastante na microbiota dos grãos e podem estimulá-los a crescer!


7) Mais lactose para os famintos: Alguns tipos de grão podem necessitar de maior aporte de lactose. Faça a seguinte fermentação: 1 colher (sopa) de grãos em 500 ml de leite integral + 2 colheres (sopa) rasas de leite em pó integral. Misture bem e deixe fermentar por 24 horas, faça isso durante 7 dias.


8) 1ª fermentação propulsora: Utilize também essa forma de ambiente fermentado como motivador de crescimento. Coloque 1 colher (sopa) de grãos dentro do pote de fermentação, adicione 300 ml de leite integral e fermente por 24 horas. Agora apenas acrescente 100 ml de leite, misture bem e volte para fermentação por mais 24 horas. Faça esse processo por 7 dias e veja como os grãos se comportam.


ALERTA: Muitos cultivadores querem o aumento de sua colônia pelo simples prazer de ter quantidades volumosas e depois não sabem como lidar com o excedente e terminam em descarte de cultura, falta de interesse devido a acidez excessiva ou por disponibilidade de tempo. Então, seja prudente e zeloso!


Atenção: Embora os grãos de Kefir de Leite geralmente se multipliquem, não podemos necessariamente garantir que eles irão. Se eles crescem, em última análise, depende essencialmente do ambiente de cultivo. Mesmo que não, ainda são perfeitamente viáveis ​​para a cultura e extremamente saudáveis. Lembre-se: Eles são pequenos bichinhos poderosos e continuarão a fazer seu delicioso e nutritivo Kefir, independentemente de seu tamanho.


Nutr. Flávio Viaboni - CRN3 23.271/SP

QUAL O PRÓXIMO PASSO? Peça já seus Grãos de Kefir de Leite com a gente, uma experiência única com esse universo incrível dos alimentos fermentados lácteos! Garantia, Qualidade e Procedência é com a gente! PEÇA AQUI


1 comentário


luzy.ana
11 de mar.

Já li uma vez que grãos de kefir depois de desidratados ou congelados podem demorar meses para crescer!

Adquiri um kefir de leite e um de água com vocês! O de água me deu muitas reações adversas! Então suspendi e congelei!

O de leite me fez bem, porém só dá para tomar menos de 100 ml por dia porque vocês me enviaram uma quantidade muito pequena de grãos! E, como não cresce, só consigo tomar esse pouquinho!

Curtir
bottom of page